Notícias

ÉRICA MARIA ACREDITA NA ENERGIA DE INTERAÇÃO ENTRE OS MÚSICOS

A cantora e compositora paraibana Érica Maria é uma artista de muitas facetas. Natural de Roraima, ela participou de vários grupos musicais ao longo da carreira, entre eles “Mama Jazz” e “Nassala Dacasaverde”, onde selecionou música autoral.

Ela destacou a importância da realização do Festival de Música da Paraíba, através do Governo do Estado. E enfatizou que um festival sempre enriquece a cena. “Acredito muito nessa energia de interação entre os músicos”, declarou Érica Maria.

Participando também de projetos teatrais, a musicista estreou seu primeiro show solo em 2007 em João Pessoa com o projeto “Circuito das Praças”, foi cantora e atriz no espetáculo “Efemérico” (2013 a 2015).

No fim de 2016 gravou um CD com canções infantis  para a “Cereja Editora - SP” e já neste ano gravou outro álbum do mesmo gênero intitulado “Borboletês”, com canções autorais em parceria com o produtor Jairo Cezar e a cantora Dany Danielle.

Além de todas essas realizações, ela faz parte do projeto “Contação da Rua”, vivência com a proposta de levar até as crianças todo o encantamento do mundo literário.

Érica bateu um papo com a Rádio Tabajara sobre o Festival de Música da Paraíba (inscrições vão até o dia 31 de outubro!) e nos contou acerca de sua expectativa para o evento. Abaixo, veja a entrevista:

– Érica, qual é a importância do Festival de Música da Paraíba para os artistas paraibanos?

Gosto muito de festivais. Participei de um festival, meu primeiro como compositora, em 2006, em Petrolina. Nesse festival não cheguei a ser finalista, mas era minha estreia como compositora. Conheci grandes músicos, como Zé Manoel, que me acompanhou e é um grande amigo. Acredito muito nessa energia de interação entre os músicos.

– Você acha que a música paraibana está ganhando mais destaque ultimamente?

Acredito que a música paraibana sempre esteve bem, em evidência dentro e fora do estado. Temos grandes expoentes culturais paraibanos.

– A presença do evento está em peso no evento. Em tempos de reafirmação feminina, qual é a importância dessa nova onda de cantoras e compositoras mostrando o seu trabalho?

É muito importante todo esse trabalho de afirmação. Temos grandes intérpretes, compositoras, atrizes, instrumentistas. É muito importante que nós, mulheres, sejamos valorizadas.

 

Erick Marques