Notícias

IV Festival de Música da PB homenageia Genival Macêdo

O homenageado da IV edição do Festival Música da Paraíba é o cantor e compositor paraibano Genival Macêdo Lins. Ele é o autor do Hino Popular da Cidade de João Pessoa, ‘Meu Sublime Torrão’ e este é o ano do centenário de seu nascimento. O festival é um evento cultural que tem resgatado a obra e história de artistas paraibanos como Zabé da Loca, Jackson do Pandeiro, Sivuca e, agora, Genival Macêdo.

O músico paraibano Adeildo Vieira, que apresenta o programa Tabajara em Revista de segunda a sexta-feira na 105.5 FM, disse que nenhum artista é autor de uma obra só e contou um pouco da trajetória do homenageado. "Genival Macêdo viveu 87 anos e ao longo de toda sua vida construiu muitas canções, dentre elas algumas revolucionárias, como por exemplo, ‘Micróbio do Frevo’, que no início dos anos 1970 mudou a história frevo, cantada por Jackson do Pandeiro. Depois ele compôs muitas músicas regionais que abasteceram o repertório de grandes cantores nacionais", pontuou.

Adeildo destacou também um fato curioso sobre Genival, que remete ao início do formato carnavalesco puxado por trios elétricos no país. “Para quem não sabe, em 1941 Genival Macêdo montou um caminhão com sistema de auto-falantes e rodou aqui João Pessoa em período carnavalesco, criando aí o primeiro trio elétrico brasileiro, que viria a ser depois aqueles trios elétricos de Dôdo e Osmar, baianos conhecidos por todo o país”, disse.

De acordo com Adeildo, o homenageado desta edição do Festival de Música da Paraíba, tem grande importância na cena brasileira. “Todo artista e público deve conhecer e honrar a trajetória desses grandes nomes que marcaram a história da música brasileira, que deixaram legados geradores de grandes avanços para os artistas”, completou.

E sobre o Festival, Adeildo incentivou a participação dos artistas, destacando as oportunidades que o evento abre para as obras autorais dos músicos paraibanos. “Que todos aproveitem bem esse momento, essa grande vitrine que se abre pra cena paraibana. Coloque o melhor de sua obra, se esmere pra fazer sua canção, sinta que você vai participar de um momento maravilhoso, não só no palco, como também nos bastidores”, disse.

Para Adeildo essa é uma oportunidade do artistas se relacionar com o público que vai acompanhar o festival, mas também de conhecer outras pessoas e de se inteirar mais, mergulhar mais na cena paraibana. “O Festival promove maior visibilidade ao trabalho dos artistas que se apresentam, e isso é um momento riquíssimo. Então, entre de coração aberto e sabia, a música é o melhor que você tem, é aquilo que você escolheu pra se expressar e esse evento gera isso”, apontou.

A inscrição é gratuita e totalmente online. O festival acontecerá nos dias 03, 04 e 10 de setembro, e é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Comunicação – Secom PB, da Empresa Paraibana de Comunicação – EPC e Fundação Espaço Cultural da Paraíba – Funesc.